Skip to main content

Sites não recomendados pelo Confiavel.com

Com tantas opções de serviços e plataformas na internet, é sempre bom comparar as opções para saber quais são seguras e valem a pena. Aqui no Confiavel.com, analisamos várias marcas e apenas adicionados nosso selo de qualidade naquelas que são aprovadas. Por isso, também é importante saber dos sites não recomendados.

Então, preparamos uma lista de sites a serem evitados, seja por se tratarem de fraude ou por não oferecerem um serviço 100% seguro e responsável. Nesta página, você verá as empresas que não passaram em nossos testes, com o link para cada uma das análises, que traz mais informações, confira.

Sites de apostas não recomendados

SITE
PORQUE NÃO SUGERIMOS
LEIA MAIS
MARJOMarjo Sports
Apesar de patrocinar um grande time de futebol, a empresa faz venda de apostas por cambistas e tem um passado controverso.

MARJO

premiwinPremiWin
Encerrou as atividades em 2018, de forma repentina.

PREMIWIN

bet90Bet90
Recebemos feedback negativo de jogadores, como problemas de pagamento na plataforma.

BET90

UNIBETUnibet Brasil
Não oferece promoções e tem site parcialmente traduzido. Serviço não é dos melhores para os brasileiros.

UNIBET

10bet10Bet Brasil
Deixou de disponibilizar uma plataforma voltada para o Brasil, por isso, não tem suporte em português nem conteúdo traduzido.

10BET

betsbolaBetsBola
Promove aposta ilegal pelo site e por meio de cambistas. Não tem atendimento ao cliente nem registro para operar jogos.

BETSBOLA

bets nordesteBets Nordeste
Operador de aposta ilegal, com rede de cambistas que já foi presa pela Polícia. Odds baixas e regras desonestas.

BETS NORDESTE

KTO
O site de apostas está recebendo muitas queixas de atrasos no pagamento, por isso, está sinalizado como não recomendado por nossa equipe.

KTO

Betboo
Constantemente está sendo alvo de reclamações de demora no saque e problemas com bônus.

Betboo

Quando o assunto é apostas esportivas, o critério número 1 para uma plataforma ser considerada honesta e justa é ter uma licença de operação. Infelizmente, há muitas casas de apostas ilegais no Brasil, que fazem apostas por meio de cambistas e plataformas duvidosas.

Ao utilizar tais serviços, o jogador não conta com nenhuma proteção em relação ao pagamento dos jogos. No momento, são consideradas legalizadas apenas as empresas com sede fora do país, com registro e licença emitidas por outras nações, como Malta e Curaçau, por exemplo. Dentre as casas de apostas seguras, estão o 1xBET e Betfair.

Listamos aqui também as casas de apostas desativadas, que infelizmente, encerraram suas operações, assim como sites sem bônus ou com suporte ruim para brasileiros.

Cassinos online que não recomendamos

  • DHOZE: encerrou as atividades
  • Betrally: deixou de atuar no Brasil
  • Bovada: não aceita mais membros residentes no Brasil
  • HappyHugo: indisponível em português

Na área de cassinos seguros da internet, a licença de operação também é necessária, para que o usuário esteja amparado e protegido contra fraudes. Isso porque os cassinos confiáveis passam por auditorias, comprovando que seus sistemas são imparciais e que os sorteios são feitos por geradores de números aleatórios. Afinal, ninguém quer investir dinheiro em trapaças, não é mesmo?

Cassinos ilegais existem no Brasil, e frequentemente, vemos notícias a respeito de operações policiais em tais estabelecimentos clandestinos. Para quem pretende jogar de forma lícita, os cassinos da internet com registro no exterior são a opção mais prática e confiável.

Serviços online não recomendados pelo PROCON

  • Beleza Expressa
  • Cia das Lentes
  • Dona Dona
  • Farejando Ofertas
  • Logus Apostilas
  • Total Clique
  • Netlens
  • Mambo Eletro

Lojas fraudulentas, entregas não realizadas, roubo de dados… São vários os motivos para ficar atento na hora de comprar pela internet. Embora haja empresas de enorme reputação, ainda existem plataformas que atuam de forma desonesta, com reclamações no PROCON. Elencamos aqui os sites que devem ser evitados.

Tipos mais comuns de fraudes na internet

Se a marca que você busca não está em nossa lista, nem possui uma análise feita pelo Confiavel.com, trazemos a seguir alguns pontos importantes para verificar antes de usar um serviço. Elencamos os golpes mais frequentes e como evitá-los.

Golpe no WhatsApp

Aplicativos famosos costumam ser meios de transmissão de correntes e fraudes. Não é raro receber, por exemplo, supostos cupons de descontos e até mesmo ofertas grátis por mensagem de amigos. Antes de clicar em links que pareçam muito atrativos, busque informações online para saber se determinada promoção realmente existe, ou se é mais um golpe no WhatsApp. 

Sites com nomes semelhantes

Muitas vezes, empresas amadoras costumam lançar plataformas com nomes bem parecidos de marcas famosas. Elas até mesmo copiam o visual do sistema, para “enganar” o visitante, levando-o acreditar de que está acessando o site oficial da marca mais popular. Sempre fique atento no endereço que aparece na barra de navegação, para ter certeza de que não se trata de um site cópia.

Fraudes com Bitcoins

A onda das criptomoedas atrai muitos investidores, mas, por se tratar de algo consideravelmente novo, do ponto de vista do mercado, nem todo mundo conhece bem como funciona o Bitcoin.

Para investir em Bitcoin, é preciso ter uma carteira virtual e manter o dinheiro lá, seja para vender na alta ou para usar em transações de compra. Porém, vem surgindo esquemas de pirâmide financeira, no formato de clube Bitcoin. É um esquema criminoso que usa propostas tentadoras, prometendo ganhos irreais. O suposto lucro se dá pelo pagamento de uma taxa de inscrição e pela recomendação de novos membros para o clube. Há também os casos em que supostas novas criptomoedas são usadas, enganando os participantes.

Golpes em sites de classificados

Apps como OLX estão sujeitos a fraudes, já que qualquer pessoa pode se cadastrar como vendedor. Estelionatários costumam pedir adiantamentos antes da entrega do produto. Desconfie de propostas muito tentadoras, com valores abaixo do preço de mercado. Jamais passe seus dados de cartão de crédito e prefira o pagamento feito pessoalmente.

Emails falsos

Criminosos mandam mensagens em nome de grandes bancos, dizendo que a conta foi invadida e que é preciso trocar a senha do internet banking, ou então, fazer uma confirmação de iToken. Usando tais dados, eles conseguem acessar a conta bancária das vítimas e fazer transferências ou pagamentos. Entenda que financeiras jamais pedem tais atualizações desta forma, elas costumam entrar em contato por telefone ou emitindo alertas nos aplicativos. Uma forma de reconhecer os emails falsos é ficar atento ao nome do remetente, que costuma ter endereço estranho, sem usar o tradicional @site.com. 

O que fazer caso você seja vítima de fraude

  • No caso de cartão de crédito, peça o bloqueio imediato. A emissora do cartão seguirá com o procedimento de ressarcimento dos valores, caso se trate de compras realizadas por terceiros indevidamente
  • Se teve email invadido ou conta de redes sociais, mude a senha e informe seus contatos, já que o invasor pode ter entrado enviado mensagens a eles, com links duvidosos
  • No caso de problemas com lojas virtuais, se não houver uma solução por parte do vendedor, acione o PROCON
  • Acione uma delegacia de crimes virtuais e registre um boletim de ocorrência, para que seja feita uma investigação por parte das autoridades