Skip to main content

Coinbase é confiável?

Bônus$158
CondiçõesAcesse o Coinbase Earn, veja os vídeos de tutoriais, responde a testes e receba bits de várias moedas
Métodos de pagamentotransferência bancária, Cartão de Crédito, Bitcoin
Países
Confiável
Aprovamos
Oferta

$ 158 BÔNUS

$158
Link seguro
Métodos de pagamento aceitos
transferência bancáriaCartão de CréditoBitcoin
Ganhe ao aprender mais sobre cada criptomoeda

Avaliação geral
3/5
Van Queiroz
Autor:

Plataforma conhecida mundialmente, o Coinbase vive com a constante suspeita de quedas “convenientes” do sistema que prejudicam a agilidade na hora de negociar os criptoativos em casos de quedas ou valorizações bruscas.
Apesar disso, a marca tem credibilidade e o site é muito bom, com atualizações em tempo real.

Atualizado em 15 de setembro de 2020
Pagamentos
70%
Bom
Atendimento ao cliente
60%
Precisa de melhoria
Aplicativo
90%
Ótimo
Segurança
90%
Protegido
Estabilidade
80%
Pode apresentar falhas

Avaliamos o serviço Coinbase de Bitcoin

Quem viu o começo do Bitcoin no mercado financeiro talvez não conseguisse prever o quanto a moeda virtual iria crescer. Nos últimos anos, o Bitcoin conheceu altas e baixas, e com ele, muitas empresas especializadas em criptomoedas surgiram.

Uma delas é a Coinbase, plataforma online que se destina a compra e venda das mais variadas criptomoedas, como uma grande bolsa de valores só de moedas virtuais. Mas, por ter tanto valor, é essencial saber se o Coinbase é confiável e se você pode fazer suas operações na plataforma.

Depois de muito tempo, finalmente a Coinbase passou a aceitar usuários brasileiros.

Coinbase: prós e contras

Pensando em escolher essa empresa para fazer suas operações financeiras? Confira a seguir os principais aspectos:

Prós
  • Ampla variedade de criptomoedas
  • Aceita métodos de pagamento diversos
Contras
  • Cobra taxas por operações
  • Alguns trechos do site estão em inglês

Minhas primeiras impressões do Coinbase

telas de negociação do coinbase

O Coinbase Brasil é um site que, em um primeiro momento me conquistou pelo design. Todo o layout foi desenvolvido para que o usuário não encontre dificuldades no uso. Mas, na sequência, uma pequena surpresa: Coinbase fora do ar (exatamente como alguns usuários haviam descrito). Felizmente, durou cerca de 2 minutos e a plataforma já estava funcionando normalmente, mostrando que, quando há falhas, a equipe está pronta para resolver rapidamente.

Os principais itens estão localizados no menu central do site. Mesmo não sendo cadastrado, o visitante pode acessar o botão Preços para descobrir quais são os valores aplicados nas moedas atualmente. Isso pode te dar uma noção de valores e ver as vantagens de fazer Exchange por aqui, além de conferir uma ampla lista das moedas que são comercializadas.

Outra vantagem que percebi logo “de cara” no Coinbase Brasil é a presença de gráficos que são atualizados diariamente. Para quem já tem alguma experiência no comércio de criptomoedas, esse tipo de gráfico pode te ajudar na sua estratégia de compra e venda (bem parecido com as estratégias que os apostadores usam em seus jogos online). Basicamente, com gráficos assim, você observa tendências e pode aumentar os seus lucros. E, a propósito, os gráficos também estão disponíveis para quem não é cliente.

Importante: o Coinbase, apesar de ter site traduzido para o português, ainda não permite a compra e venda de moedas por moradores do Brasil, nem mesmo os métodos de pagamento funcionam para nosso país. Por isso, se você é brasileiro, mas mora no exterior, pode continuar lendo nosso relato. Caso contrário, confira outras boas opções.

Coinbase análise: informações da empresa

O Coinbase é uma plataforma Exchange de criptomoedas que está em operação desde 2012, com sede em São Francisco, Califórnia. No Brasil, há alguns anos a empresa iniciou as atividades, atendendo os usuários em nosso idioma, algo que faz bastante diferença para quem quer começar a investir em criptomoedas.

Por ser um site internacional, o Coinbase não precisa de algum tipo de licença brasileira para funcionar, mas sabemos que é confiável porque conta com as devidas documentações do seu país de origem, sendo primeira Exchange de Bitcoins a funcionar com licença nos Estados Unidos.

Depois de ficar fora do mercado brasileiro por um tempo, a casa voltou a operar em nosso país.

Coinbase é confiável? O Coinbase é fraude?

Coinbase site informa sobre os procedimentos de segurança, como encriptação

Para muitos, essa é uma das maiores marcas no ramo de Exchange de criptomoedas. Saber se o Coinbase é confiável (ou qualquer outra empresa) é sempre fundamental antes de fecharmos qualquer tipo de operação.

Alguns elementos nos mostram que o Coinbase é confiável. Começamos pela presença do protocolo HTTPS em todas as páginas, elemento que garante que não existe vírus ou arquivos maliciosos escondidos pelo site.

Todas as movimentações que você faz na plataforma são seguras, desde a solicitação até a presença de passos extras de proteção que podem ser configurados pelo usuário. Por exemplo, você pode definir um tempo mínimo após a confirmação de saque para que uma transferência caia em sua conta. Esse simples passo faz com que seja possível bloquear uma transação que não tenha sido solicitada por você.

Além disso, senhas e chaves de acesso ficam encriptadas em seu navegador. Também é possível convidar até 5 pessoas para fazer “parte” do seu grupo. Assim, um saque só é liberado quando todos aprovam. Esse recurso é ideal para os casais e mostra que o Coinbase é confiável e se preocupa com isso.

Por fim, se sua dúvida é em relação aos profissionais que trabalham no site, saiba que na Política de Privacidade da empresa está descrito que ninguém tem acesso à sua conta, além de você. Graças a tecnologia de encriptação de dados, as pessoas do site não conseguem acessar o seu cofre. Assim, acreditamos que o Coinbase é boa opção para todos os usuários – afinal, segurança é algo que todo mundo quer.

Coinbase é seguro

Em nossa experiência e nas informações que coletamos com outros usuários, pudemos constatar que o Coinbase é seguro e sua plataforma trabalha bem para atender aos clientes. De forma resumida, veja porque acreditamos que o Coinbase é boa opção:

  • Conta com Política de Privacidade bem detalhada (sendo possível acessá-la pelo site);
  • Tem selo HTTPS em todas as páginas do site;
  • Possui sistemas de segurança para transações financeiras;
  • Bom histórico desde que surgiu no mercado (há quase 10 anos);
  • Oferece itens extras de proteção para os usuários que desejarem;
  • Os funcionários do site não tem acesso aos dados dos clientes.

Coinbase fora do ar

Quando comecei esse artigo, contei para vocês que tive uma experiência de poucos minutos com o Coinbase fora do ar. Esse é um item bastante comentado pelos usuários, já que ainda em 2017, o site ficou offline por 12 horas – bem mais do que os meus dois minutos. Qualquer pessoa que tem dinheiro guardado ou investido sabe que esse tipo de falha desperta medo de perder tudo o que foi adquirido com o tempo.

A boa notícia é que o Coinbase fora do ar, hoje em dia, não passa de situações muito isoladas e de poucos minutos. Alguns clientes acreditam que, na ocasião em 2017, a queda teve conexão com uma super alta do Bitcoin, como se a falha fosse “proposital”. Particularmente, acredito que pode ter até relação, mas sim com a grande quantidade de investidores que querem aproveitar a alta em seus negócios de alguma forma, o que sobrecarrega a plataforma.

Coinbase como se cadastrar

Entrar para o site é algo bem simples e que exige alguns poucos passos. Para ter ainda mais facilidade nesse processo, siga os nossos passos:

  1. Acesse o site Coinbase Brasil;
  2. No canto superior direito do site, localize e clique no botão Começar;
  3. Escolha se você quer abrir uma conta Individual (Pessoa Física) ou Empresa (Pessoa Jurídica);
  4. Preencha os dados e clique em Criar Conta;
  5. Acesse o seu e-mail e confirmar a criação da conta;
  6. Faça a verificação por meio do número de telefone e pronto! Você faz parte do Coinbase!

Coinbase como funciona

O Coinbase Brasil funciona como uma grande central de compra e venda de criptomoedas, de forma muito similar ao que já em encontramos em casas de câmbio e bolsas de valores.

Assim que o usuários faz seu cadastro, a pessoa consegue visualizar uma área de cotações em que acompanha as oscilações da moeda em tempo real. Inclusive, esse é um ponto muito positivo para quem está pensando em investir nas moedas virtuais. Por não pertencerem a nenhum país, todas as horas do dia existem pessoas ao redor do mundo fazendo negociações. Ou seja, sempre é uma boa hora para entrar na plataforma.

Então, depois de fazer sua análise do mercado, você pode comprar criptomoedas ou vendê-las. Se você já tem uma carteira de moedas virtuais, pode transferir os valores para o site, já que o Coinbase é boa nesse tipo de operação e oferece preços que, muitas vezes, são superiores aos da concorrência. Mas, caso você não tenha Bitcoins ou outra moeda, pode transferir valores em Real para a conta e começar a negociar. Tudo bem simples e intuitivo! A seguir, confira outros detalhes para saber Coinbase como funciona.

Coinbase carteira

Embora você não possa fazer Exchange morando no Brasil neste site, você pode utilizá-lo também como Coinbase carteira. Ou seja, você pode armazenar suas contas de criptomoedas no site, criando uma “carteira” online segura. Inclusive, nesse sentido há um app para Android e iOS desenvolvido só para administração: o Coinbase Wallet.

Para quem mora fora do Brasil, o Coinbase carteira nada mais é do que a forma como suas criptomoedas ficarão armazenadas na plataforma. É um sistema seguro e simples de usar, que permite que você faça suas transações facilmente.

Coinbase Bitcoin

O Bitcoin, sem dúvidas, é a criptomoeda mais famosa, e uma das que mais cresceram nos últimos anos. É claro que em uma empresa como Bitcoin é comum e está entre os principais produtos. Tanto que quando você acessa a área Gráficos, a primeira moeda que aparece é o Coinbase Bitcoin.

De forma geral, os valores são apresentados em Dólar, ainda que as negociações possam ser feitas com as moedas dos países listados. O Coinbase Bitcoin tem um preço que costuma estar na média de outras Exchanges, mas vários usuários garantem que encontraram preços melhores por aqui. Então, é aquele velho conselho: vale a pena ficar atento!

Faucet Coinbase

Quem já conhece um pouco do mundo das criptomoedas sabe o que é faucet Coinbase. Mas se você não sabe, calma que a gente explica: as faucets são valores bem pequenos (como fosse centavos) de Bitcoins ou outras moedas que sites dão aos usuários em troca de visitas. Basicamente, o anunciante paga para estar em um site e esse site dá para quem acessa uma parte dos lucros em forma centavos de criptomoedas. É importante frisar que os faucets são valores bem pequenos mesmo e que ninguém fica rico com eles. Entretanto, pode ser uma boa forma de começar.

Não existe faucet dada pelo próprio site, diferente de outras plataformas que dão esse “presente” como forma de incentivo para quem está começando a mexer com câmbio de criptomoedas. Porém, se você juntar esse tipo de recompensa e abrir uma conta da criptomoeda, poderá comercializá-la como faucet Coinbase, no site da empresa.

Ripple

Esta é mais uma das moedas virtuais disponíveis na plataforma. O sistema Ripple, internacionalmente conhecido como Ripple Transaction Protocol é o desenvolvedor da criptomoeda XRP, sendo a principal função da marca o serviço de pagamentos online.

Você encontra Ripple na lista de moedas que a plataforma opera, com o nome de XRP. Ela é uma das mais baratas e, para muitos, é uma aposta no futuro (como o Bitcoin foi há alguns anos atrás). Atualmente, o valor de 1 XRP é de R$1,20, portanto, uma criptomoeda bastante acessível e ideal para quem quer fazer testes na plataforma sem precisar gastar fortunas.

Ethereum

Outra moeda presente no site é a Ethereum. Se há alguns anos essa moeda virtual não atraia tanta atenção dos consumidores, hoje ela é uma das que vem apresentando um crescimento bastante consistente. Ethereum já é um dos produtos mais comercializados na plataforma, com o valor de US$140 quando escrevemos esse artigo – e a tendência é só aumentar.

O Coinbase Ethereum é uma boa opção para quem quer variar um pouco do tradicional (e caro) Bitcoin, mas ainda assim ter uma boa margem para fazer suas exchanges e ter um lucro considerável.

Coinbase ou Xapo

Escolher uma carteira para suas criptomoedas pode ser tão difícil quanto escolher um banco para abrir uma conta. Afinal, estamos falando de investimentos, então requisitos como segurança e prestação de bons serviços são essenciais. O Coinbase é boa e é uma das maiores empresas do ramo, entretanto encontra no Xapo uma concorrência forte. Cada uma tem suas características, então vale a pena um comparativo para entendermos melhor.

Quem escolher a primeira opção entre Coinbase ou Xapo, pode ter certeza que está em uma carteira amigável e uma plataforma Exchange que mesmo os novatos conseguirão utilizar. Além disso, é uma empresa estabelecida e bastante respeitada ao redor do mundo.

Agora, se você escolher a segunda empresa entre Coinbase ou Xapo, saiba que esta é uma marca reconhecida por seus recursos de segurança avançados. A Xapo ainda não opera completamente no Brasil, tendo disponível somente a carteira para suas criptomoedas. Entretanto, quando começar a funcionar aqui, contará até mesmo com cartão de débito próprio, item já presente em outros países.

Ou seja, Coinbase ou Xapo possuem serviços bastante similares. Talvez a melhor forma de descobrir qual plataforma tem melhor desempenho é testando ambas.

Serviço de atendimento

Falar com o suporte tem algumas características que precisam ser citadas. No menu superior do site, você encontra o botão Sobre. Clique em Support para buscar apoio do time de atendimento e encontrar um FAQ completo. Entretanto, essa área do site especificamente ainda não está traduzida. Por isso, o FAQ pode ser pouco útil caso você não tenha conhecimento do inglês.

Nessa mesma área, há também um número de telefone internacional e um e-mail, que te leva para um formulário eletrônico (também em inglês). Assim, para quem só fala português, considero o chat com bot o método mais apropriado de comunicação. Basta clicar no ícone de balão para começar a falar. O bot é bem treinado, fizemos testes de várias perguntas diferentes e ele respondeu tudo com acerto. É como fosse um FAQ, mas muito mais dinâmico.

Esse ponto também pode melhorar, mas acredito que a empresa esteja “deixando” para apresentar métodos de atendimento mais completos quando começar a operar como Exchange no Brasil.

Coinbase App

app é elogiado por usuários

Na falta de um aplicativo, temos dois: o Coinbase Buy & Sell e o Coinbase Wallet. Ambos estão disponíveis para iOS e Android e trazem para a tela do celular os recursos que o cliente já encontra pelo site.

O app Buy & Sell recomendamos apenas para os usuários que moram em países em que a Exchange funciona. Nesse caso, você terá acesso à gráficos completos e poderá personalizar notificações para não perder nenhum bom negócio.

Coinbase wallet

O Coinbase Wallet pode ser utilizado por todos e traz pelo celular uma forma de administrar sua carteira. Você poderá aproveitar também o recurso de envio de pagamento ou recebimento por meio de QR code. É uma forma bem prática e segura, já que o Coinbase wallet conta com recursos de proteção de dados tão sofisticados quanto aqueles que os bancos utilizam.

Coinbase taxas

Não existe uma medida fixa de taxas. De forma geral, na maioria dos casos, todos os saques contam com uma porcentagem mínima de 4%. Apesar de parecer pouco, quando falamos de Bitcoin, 4% pode passar rapidamente de R$100.

Além disso, as Coinbase taxas também variam de acordo com a moeda escolhida para solicitar a transação. De qualquer forma, o usuário sempre fica sabendo o valor da taxa do serviço no ato do saque, em um campo identificado para essa função.

Métodos de pagamento

Isso depende muito do país em que você se encontra. Na maioria dos casos, o usuário consegue transferir valores por cartão de crédito, débito e transferência bancária. Como no Brasil somente o Coinbase wallet está disponível, você pode utilizar suas contas de criptomoedas para transferir para o site e fazer toda a administração e proteção das mesmas pelo site.

Como transferir Bitcoins para Coinbase

Se você tem Bitcoins ou outra criptomoeda e quer transferir para o site, veja em passos simples como transferir Bitcoin para Coinbase:

  1. Acesse o site da Coin;
  2. Vá na área Contas do seu perfil;
  3. Clique na criptomoeda que deseja transferir (nesse caso, estamos falando em como transferir Bitcoins para Coinbase, então escolha Bitcoin);
  4. Aparecerá um QR code e um código alfanumérico. Ambos podem ser utilizados. Você deverá copiar e colar esse código na sua atual plataforma de criptomoedas;
  5. Depois, é só confirmar a operação e aguardar a atualização do seu saldo.

Como sacar da Coinbase

Como citamos anteriormente, os métodos de pagamento variam de acordo com o local em que você mora. Assim, como sacar da Coinbase dependem das opções que o site disponibilizarem para você. Mas o processo é igual nos primeiros passos para todos.

Quem quer saber como sacar da Coinbase deve acessar sua conta e buscar o botão Enviar/Pedir. É lá que você vai encontrar as opções disponíveis de saque, escolher a sua e completar a operação. Uma das boas vantagens das criptomoedas é que as transações financeiras costumam ser rápidas, bem diferente do que vemos em bancos físicos.

Coinbase para Paypal

Também é possível transferir suas criptomoedas (convertendo para alguma das moedas dos países) do Coinbase para Paypal. Infelizmente, ainda não há uma forma de fazer esse procedimento de forma direta, mas vamos utilizar aqui o sistema Advanced Cash como um “intermediário” para quem quer trazer suas moedas para Paypal.

Siga a sequência abaixo:

  1. Acesse sua conta no Coin;
  2. Converta o valor de seu saldo para Dólar (se essa não for a moeda padrão da sua carteira);
  3. Abra sua conta no Advanced Cash e clique em Deposit Funds;
  4. Selecione a moeda Bitcoins e insira o valor em Dólar do saldo que deseja sacar do site Coin, confirmando a operação;
  5. Quando o saldo entrar em sua conta do Advanced Cash, basta solicitar um saque utilizando o Paypal. Simples assim!

Coinbase vale a pena?

certificado-confiavel-aprovado

Sim e não. Depende de onde você mora e de qual seu objetivo na plataforma. A carteira possui um sistema bastante seguro de proteção, que pode ser útil para quem quer proteger seus investimentos online.

A plafatorma é bastante completa, com bons recursos e preços que são atrativos para compra e venda. Além disso, destacamos os ótimos gráficos, que são atualizados em tempo real. E claro, a credibilidade da marca também é um bom diferencial.

O problema são as constantes quedas, que muitas vezes são “convenientes”, pois vêm em momentos de grande queda ou aumento no preço das criptomoedas, frustrando e fazendo com que muitos investidores percam dinheiro.


Avaliações dos usuários

Não há comentários ainda: Seja o primeiro a comentar!


Você tem alguma sugestão ou dúvida sobre o artigo? Compartilhe conosco!

Seu e-mail não será divulgado ao público, apenas seu nome. É necessário preencher todos os campos.

  • Postagens com linguagem inadequada não serão publicadas.
  • Não representamos as marcas analisadas neste site, este espaço tem como finalidade a discussão de tópicos diversos, sem o objetivo de servir como um suporte ao consumidor.
  • Informações de compras ou transações, como código de operação ou qualquer dado que identifique o usuário, não são permitidas.